Arquivo

Posts Tagged ‘McLaren’

Sauber deve copiar inovação da McLaren no C29

Sistema de entrada de ar ativado pelos pilotos agradou equipes rivais

De acordo com rumores no pitlane de Melbourne nesta quarta-feira, a Sauber deve copiar o sistema de refrigeração criado pela McLaren e apresentado nos testes pré-temporada.

A inovação é uma pequena entrada de ar na parte frontal do cockpit, que se abre por meio de uma manivela pressionada pelos pilotos com o joelho esquerdo.

Quando os pilotos liberam a entrada, o ar passa por dentro do carro e tira a eficiência da pressão aerodinâmica, gerando mais velocidade em linha reta.

No entanto, não se sabe se o time suíço utilizará a cópia neste fim de semana. “Me pergunte na sexta”, afirmou o diretor técnico da equipe, Willy Rampf.

[Fonte: tazio.uol.com.br] - Autor: Da Redação  - Foto: Google

Piloto da McLaren diz que armação na Austrália o tornou um homem melhor

O piloto inglês Lewis Hamilton retorna neste final de semana ao palco de um escândalo protagonizado por ele e pela McLaren, sua equipe.

No último GP da Austrália, o inglês conquistou um lugar no pódio após dizer aos comissários que o italiano Jarno Trulli, à época piloto da Toyota, havia ultrapassado o campeão mundial durante o período de safety car, o que é proibido.

A afirmação, no entanto, foi desmentida depois, quando descobriram que lhe foi pedido para deixar Trulli ultrapassá-lo. Em decorrência desta mentira, Hamilton e sua equipe foram severamente punidos, o que o deixou com o pensamento de até abandonar a F-1.

Sempre tive boas experiências aqui e não vejo a do último ano como um episódio ruim. Vejo isto como uma pedra na minha vida que superei e que me deu algum aprendizado, disse o companheiro de Jenson Button.

O ano de 2009 foi muito difícil. Aprendi muito sobre construir um time e levantar uma equipe. Eles fazem muito, mas no final do dia sou eu quem precisa mostrar resultados para eles, completou.

Apesar de comentar o assunto, Hamilton diz que prefere esquecer este episódio e manter o foco na reabilitação da McLaren, quem sabe até conquistando a primeira vitória do time na temporada.

Quando você está em um carro de corrida a 200km/h, você precisa pensar longe, para frente. E penso na minha vida dia a dia. Tudo passa muito rapidamente e você precisa estar preparado para o que vem, não para o que aconteceu no passado.

[Fonte: tazio.uol.com.br] - Autor: Da Redação  - Foto: Google

Antes do GP da Austrália, Jenson Button experimenta um carro da V8 Supercars

Inglês participa de ação com Jamie Whincup, campeão da categoria local

Jenson Button experimentou um Holden Commodore da V8 Supercars, espécie de Stock Car australiana, nesta terça-feira no circuito de Albert Park, em Melbourne. O inglês participou de uma ação promocional de um patrocinador da McLaren junto com Jamie Whincup, atual campeão da categoria, que também deu uma volta em um modelo de 2008 da equipe inglesa com pneus sulcados, mesmo carro com o qual Lewis Hamilton ganhou o título no GP do Brasil, em Interlagos.

Jamie Whincup e Jenson Button conversam antes de andar com os carros no circuito de Albert Park
O inglês, atual campeão da F-1, elogiou o carro da Supercars, mas Whincup, de 27 anos, ficou extasiado. Ele não parou de repetir a palavra inacreditável após sua volta no Albert Park. Segundo ele, pilotar um carro da principal categoria do automobilismo era um de seus três sonhos. Agora só falta pilotar um avião de guerra e viajar ao espaço.

Foi inacreditável. Realmente não consigo explicar. O carro faz tudo certo. A pressão na minha cabeça era inacreditável. Não posso chegar sequer perto desta força com meu carro na aceleração e na frenagem. Nunca senti isto antes. Tenho muito respeito por esses caras. Completar uma corrida no ritmo deles é inacreditável – diz Whincup.

[Fonte: globoesporte.globo.com] - Autor: Da Redação - Foto: Google

Massa discorda de Hamilton sobre desempenho da RBR

Felipe Massa (Ferrari) não concorda com Lewis Hamilton (McLaren) de que o carro da Red Bull, é “absurdamente mais rápido” do que os rivais.

Para o brasileiro, a dupla da Red Bull, Sebastian Vettel e Mark Webber já haviam mostrado nos testes de pré-temporada o forte desempenho do RB6.

Nos testes, a Red Bull pode não ter sido o carro mais rápido em termos de tempo por volta, mas eu percebi que o seu ritmo deles nos long runs era muito forte, disse Massa.0

No geral, nós fomos semelhantes, o que reforça a necessidade de tentar melhorar o nosso carro em todas as corridas durante a temporada, encerrou.

[Fonte: amigosdavelocidade.uol.com.br] - Autor: Da Redação - Foto: Google

Mercedes pretende reduzir o tempo de pit para 2s5

Equipe alemã ficou na casa dos 3s no Bahrein, mas trabalha para otimizar trocas

A equipe Mercedes de F-1, cujo chefe, Ross Brawn, já admitiu estar um pouco aquém dos times de ponta, como Ferrari, McLaren e Red Bull, trabalhará nos próximos dias na melhoria de seus pit stops.

Para este final de semana, em Melbourne, onde acontece o GP da Austrália, a equipe alemã já apresentará um pacote com diversas melhorias. Entretanto, o plano é ir melhorando o ritmo a cada disputa.

De acordo com a publicação seminal alemão Der Spiegel, o time de Brackley mantém o foco agora na troca de pneus e pretende diminuir para 2s5 o tempo necessário para trocar os compostos.

Para tanto, a Mercedes já desenvolveu um novo macaco, que permitirá levantar o carro mais rapidamente, facilitando o trabalho dos mecânicos.

Antes do GP do Bahrein, a Red Bull havia dito que sua troca de pneus levaria 1s8. Entretanto, na corrida de abertura do campeonato as equipes fizeram uma média de 3s5 a 4s.

De acordo com um porta-voz da Mercedes, por ora o tempo de 3s5 está razoável, mas dentro de algum tempo ele deve baixar muito. 2s5 seria uma meta bem realista, disse.

[Fonte: tazio.uol.com.br] - Autor: Da Redação  - Foto: Google

[Video] Pole inesperada de Ayrton Senna

Última pole de Ayrton Senna pela McLaren em Adelaide, algo inesperado aconteceu!

[Fonte: f1shortmessage] - Autor: BBC/Londres - Vídeo: Youtube

Ayrton Senna: 50 anos em cinco histórias

Ayrton Senna (à direita, ao fundo) curte um momento de folga almoçando em uma churrascaria

Da seriedade nas férias com o jet ski ao hambúrguer na Disney japonesa, personalidades contam detalhes dos bastidores da rotina do tricampeão

A trajetória de Ayrton Senna na Fórmula 1 não é apenas uma referência para os fãs de automobilismo – é também um exemplo para quem pretende trilhar uma carreira nas pistas. O dia a dia e os bastidores da rotina de Senna, no entanto, ainda têm histórias pouco conhecidas. Neste domingo, quando o tricampeão completaria 50 anos de vida, o GLOBOESPORTE.COM revela cinco depoimentos sobre o piloto, narrados por cinco personalidades ligadas a ele.

Hambúrguer na Disney
Por Rubens Barrichello, piloto da Williams na Fórmula 1

Uma das minhas histórias com ele aconteceu em 1994, no Japão (durante o GP do Pacífico, segunda etapa daquele ano). Fui procurar algo diferente para fazer e decidi ir à Disney. Estava com o meu ex-empresário Geraldo Rodrigues. O Ayrton estava indo fazer outra coisa e perguntou: ‘Posso ir com vocês?’, como se fosse atrapalhar (risos). O engraçado é que ele tinha uma vida regrada e, lá na Disney, não havia mais nada para comer a não ser hambúrguer. Então, a gente estava decidindo se iria embora e ele falou que queria hambúrguer e comeu dois! Era como se ele não tivesse tempo para se divertir e comer um hambúrguer.

Nasce o Rei da Chuva
Por Viviane Senna, irmã e presidente do Instituto Ayrton Senna

O Ayrton ainda corria de kart e estava ganhando uma corrida em Interlagos, quando começou a chover. Por causa da pista molhada, ele saiu da pista e ficou muito frustrado. Depois disso, cada vez que chovia em São Paulo, o Ayrton ia para qualquer canto da cidade com o kart e ficava treinando até escurecer. Quando chegava em casa, ele parecia um pinto molhado. E fez isso milhões de vezes. Por isso, ele virou o Rei da Chuva. Certamente ele não teria esse manejo todo se não tivesse perdido e reagido. O Ayrton teve de enfrentar o problema e colocar todo seu potencial à prova. Ele foi perseverante e desenvolveu a habilidade que estava latente. Na Fórmula 1, quando chovia, todo mundo ficava animado. Aquela que seria a primeira vitória aconteceu nestas condições, em Mônaco, quando o Alain Prost levou após a corrida ser interrompida.

Competição até no jet ski
Por Bruno Senna, sobrinho e piloto da Hispania na Fórmula 1

Pessoalmente, eu me recordo das férias que passávamos em Angra dos Reis, no estado do Rio de Janeiro. Nos divertíamos muito nos fins de ano, principalmente brincando de jet ski. Como eu era pequeno e bem mais leve, levava vantagem nos pegas. Como ele não gostava de perder nem para o sobrinho, estava sempre mexendo no motor para andar mais rápido.

‘Joga no 19!’
Por Reginaldo Leme, comentarista de Fórmula 1 da Rede Globo

Eu me lembro que em 1984, no GP de Mônaco, quando chegamos do Brasil, fomos jantar com o Alex Hawkridge, o dono da Toleman (equipe de Senna naquela temporada). Só eu, o Ayrton e ele. Aí o Ayrton me apresentou para o cara como jornalista brasileiro, mas falou assim: ‘É o mais respeitado jornalista brasileiro de automobilismo. Além disso, é uma pessoa em quem posso confiar muito’. Nunca me esqueci disso. Inclusive, nesta noite, nós fomos jogar no cassino, e o número da Toleman era 19. Então, ele ficava falando assim: ‘Joga no 19! Joga no 19, que eu vou barbarizar nesta corrida!’ Nós nos divertimos jogando e, no fim das contas, entre ganhos e perdas, ainda saímos no lucro.

Truques no kart
Por Tony Kanaan, piloto da Andretti Autosport na Fórmula Indy

Lembro muito desse dia no kartódromo dele. Eu tinha feito a pole position, mas minutos antes de largada ele inventou de inverter o grid. Por isso, larguei em último. Até então, ninguém sabia que ele ia correr. Ele deu uma volta de apresentação com um Kadett branco conversível, pegou o kart e grudou atrás do meu na largada. Assim, fui passando um por um, com ele colado em mim. Fizemos a ‘rapa’ naquela prova e consegui ganhar a corrida, na frente dele. Com certeza, foi um momento mágico na minha carreira, que estava só iniciando. Até hoje eu tenho esse troféu na minha sala. Está ao lado da taça de campeão da Indy de 2004. Ele sempre fez falta nas pistas, mas está presente em nossa lembrança.

[Fonte: globoesporte.globo.com] - Autor: Da Redação - Foto: Google