Arquivo

Posts Tagged ‘Fernando Alonso’

Líder da Ferrari acalma os ânimos e pede humildade

Luca di Montezemolo diz que escuderia italiana ainda tem muito que melhorar

Luca di Montezemolo já está em Melbourne, para acompanhar os preparativos para o GP da Austrália, que acontece neste final de semana. Mais que isso, o presidente da Ferrari tem o objetivo de acalmar os ânimos e colocar os pés de todos no chão.

Apesar da dobradinha no pódio conquistada por sua dupla de pilotos, Felipe Massa e Fernando Alonso, vencedor da corrida no Bahrein, o dirigente diz que o time de Maranello ainda tem muito que melhorar para se garantir no topo.

Devemos ter muita humildade nesta corrida. Sabemos que ainda temos muito a fazer e ainda há muita coisa a ser melhorada, como performance e reabilitação, disse Montezemolo ao site oficial da Ferrari.

É importante nos mantermos com os pés no chão. Em Melbourne será fundamental fazer um ótimo tempo no treino classificatório porque, como é comum em circuitos de rua, largar na frente pode determinar o resultado final.

Apesar do resultado positivo no Bahrein, a Ferrari sofreu com problemas nos motores de seus dois carros. Por isso, os mesmos tiveram de ser trocados antes da corrida, por conta de superaquecimento. No momento, esta é a questão que exige maior dedicação de engenheiros e mecânicos.

[Fonte: tazio.uol.com.br] - Autor: Da Redação  - Foto: Google
Anúncios

Novo sistema de pontuação é aprovado pelos fãs

Michael Schumacher foi eleito o mais popular entre os fãs.

Pesquisa da Fota colheu opiniões de mais de 90 mil espectadores de 180 países

Em uma pesquisa realizada pela Associação das Equipes de F-1 (Fota), o novo sistema de pontuação da principal categoria do automobilismo ganhou a aprovação dos fãs, que destacaram a maior competitividade entre pilotos e equipes.

Durante o processo de pesquisa, foram ouvidos mais de 90 mil fãs de 180 diferentes países. Dentre os assuntos abordados, esteve em pauta a simpatia deles pelas equipes, pilotos e a opinião sobre dirigentes da categoria.

Dentre os entrevistados, 44,9% das pessoas acha que o sistema de pontuação de 25-18-15-12-10-8-6-4-2-1 é muito bom. Entretanto, 61,9% acham que deveria existir um espaço maior entre o primeiro e segundo colocados.

Como equipe mais popular, os fãs votaram na Ferrari, ao passo que Michael Schumacher foi eleito o mais popular, superando Fernando Alonso, segundo, e Kimi Raikkonen, o terceiro mais votado.

Os fãs da categoria também colocaram a cobertura em alta definição (HD) no topo de sua lista de preferências (65,7%), seguido pela opção de interagir e seguir um carro em específico durante a corrida (53,7%) e assistir às corridas pela internet (52,4%).

[Fonte: tazio.uol.com.br] - Autor: Da Redação  - Foto: Google

“Não podemos agir com a emoção”, diz Domenicali

Chefe da equipe Ferrari explica os planos da escuderia para o GP da Austrália

Stefano Domenicali, chefe da equipe Ferrari de F-1, ganhou uma motivação a mais na Austrália, onde acontece a segunda etapa da temporada. O italiano viu sua dupla de pilotos, Felipe Massa e Fernando Alonso, conquistarem uma dobradinha no Bahrein, o que colocou o time de Maranello no topo.

Entretanto, para o dirigente não basta apenas seguir essa fase. É preciso que a equipe mantenha os pés no chão para buscar resultados ainda melhores, além de conseguirem superar os problemas no motor que atrapalharam o desempenho da F10.

Ficaria muito feliz se nossa escuderia pudesse terminar em primeiro e segundo em todas as corridas. Entretanto, ainda é muito cedo para tirarmos conclusões e não podemos agir de uma maneira emocional, afirmou.

Precisamos esperar e vê como as corridas evoluem durante a temporada e, então, estudá-las calmamente, baseados em evidências.

A escuderia, que já está em Melbourne, para o GP da Austrália, destacou em seu site oficial uma certa limitação que encontrou no paddock, já que estava acostumada a trabalhar com mais especo antes da chegada das novas equipes.

O espaço para trabalho está ainda mais limitado neste ano, com a chegada de dois novos times. Entretanto, há uma área comum às equipes, substituindo o que falta em facilidade, com o charme e atmosfera que um único paddock no calendário pode oferecer, com grama do lado de fora dos escritórios e áreas de hospitalidade.

No momento, os engenheiros da Ferrari trabalham para melhorar a performance do carro e resolver possíveis problemas no motor, incluindo análise de dados e medidas contra o superaquecimento, apresentado no Bahrein.

[Fonte: tazio.uol.com.br] - Autor: Da Redação  - Foto: Google

[Foto] Ferrari presenteia Alonso com novo modelo de sua subsidiária Maserati

Espanhol ganha um GranCabrio, que será lançado no fim do mês de março

Fernando Alonso posa com seu Maserati GranCabrio na pista de testes da Ferrari, em Fiorano, na Itália

Modelo será lançado apenas no fim de março na Europa. O motor 4.7 do GranCabrio tem 440 cavalos

[Fonte: globoesporte.globo.com] - Autor: Globo - Foto: Google

E agora?

por Flavio Gomes, colunista do ESPN

A F-1 não passou pelo primeiro teste do novo regulamento. Sem reabastecimento e com pneus que resistem muito mais do que seria possível imaginar, o GP do Bahrein foi uma procissão com raríssimos momentos de emoção.

Até aí, tudo bem. Nos últimos anos, a categoria teve corridas igualmente chatas com reabastecimento, carros largando com pesos diferentes, pit stops mais numerosos. Não se deve atribuir a monotonia da prova de abertura do Mundial apenas à proibição de encher o tanque no meio da brincadeira. É preciso dar o devido crédito, também, à aborrecida pista barenita — mais um circuito à prova de erros, com suas monstruosas áreas de escape que tudo perdoam.

O problema talvez tenha sido, mesmo, a qualidade dos pneus. E como não é possível pedir à Bridgestone que faça pneus ruins, chegou-se a um impasse. Voltar o reabastecimento é algo fora de questão. Os carros foram concebidos para carregar mais gasolina, com tanques maiores, e rever todos os projetos é inviável economicamente.

As propostas que começam a surgir aqui e ali, como duas paradas obrigatórias e fim da bandeira azul, são pueris. A primeira é um artifício que não combina com a F-1. A segunda fere a segurança.

Talvez não haja motivo para alarme ainda, apesar das opiniões mais do que fundamentadas daqueles que estão na arena, os pilotos — Schumacher, Alonso e Webber estão entre os que acham que as ultrapassagens ficaram ainda mais difíceis. Há circuitos mais interessantes que o do Bahrein onde, com reabastecimento ou não, as provas podem ser melhores. A próxima, em Melbourne, é uma dessas, com características de pista de rua em vários trechos. E sempre pode chover, como aconteceu bastante no ano passado, o que anima qualquer corrida — a Indy que o diga.

É difícil sugerir algo já, depois de apenas um GP. Aliás, é difícil sugerir algo a qualquer tempo. As mudanças para 2010 foram estudadas e debatidas, e todo mundo achava que poderiam dar certo. Muita gente, por exemplo, queria o fim do reabastecimento. O público votou nisso no site da FIA, o grupo técnico da F-1 deu seu aval, e não foi difícil perceber que além de não resolver nada, é possível que tenha piorado as coisas. A tchurma da F-1 vai ter de quebrar a cabeça para encontrar soluções que possam ser aplicadas ainda em 2010.

Palpite? Vão esperar pelas próximas etapas para ver o que fazer. E o mais provável é que não façam nada. Mexer no regulamento com o campeonato já iniciado não é algo muito comum.

Senna, 50

Ayrton Senna faria 50 anos domingo. Que seja lembrado por aquilo que fazia melhor: pilotar carros de corrida. Todo o resto, seu endeusamento, sua transformação em mártir, em ídolo infalível, quase um santo que só não foi canonizado porque o papa ainda não sacou nada, não passa de babaquice.

[Fonte: espnbrasil.terra.com.br] - Autor: Flavio Gomes - Foto: Google

Vocês não viram nada ainda, crê a Ferrari

No último domingo, no Bahrein, a escuderia italiana Ferrari começou a temporada 2010 de Fórmula 1 com uma dobradinha. O espanhol Fernando Alonso, estreando na equipe, venceu o GP e Felipe Massa, retornando de acidente, foi o 2º colocado.

Mas Stefano Domenicali, o chefão da Ferrari, entende que esse foi apenas o começo e o time de Maranello pode se apresentar ainda melhor durante esse campeonato.

Tivemos uma série de problemas e conseguimos um bom desempenho, explica o diretor-esportivo. Mesmo assim fizemos um bom trabalho. Mas podemos fazer melhor. Foi um final de semana nota 8 e não 10, seguiu.

Claro que foi um grande resultado completar a corrida em 1º e 2º. Mas é uma longa temporada e temos uma longa lista de problemas para resolver antes do GP da Austrália. E não queremos que ele se repitam, encerrou Domenicali.

A etapa australiana, segunda do Mundial, acontece no domingo – dia 28/3 – a partir das 03h00 (Brasília).

[Fonte: amigosdavelocidade.uol.com.br] - Autor: Da Redação - Foto: Google

 

Williams vê Rubinho como professor e aposta em Hulkenberg para o futuro

Williams vê Rubinho como professor e aposta em Hulkenberg para o futuro

Dirigente ainda quer Hulkenberg por muito tempo Substituto de Nico Rosberg, que deixou a Williams e foi para a Mercedes nesta temporada, o alemão Nico Hulkenberg mal chegou à nova equipe e já tem crédito com o novo comandante. O chefe da equipe de Rubens Barrichello, Frank Williams, fez grandes elogios ao atual campeão da GP2 e o comparou a Lewis Hamilton, da McLaren.

Nico é a nossa grande estrela. Ele venceu em todas as outras categorias em que disputou. E o único piloto que conseguiu este feito foi Lewis Hamilton. Isso diz tudo – afirmou o dirigente da Willians à revista alemã AutoBild.

O dirigente lembra do papel de Barrichello na equipe. Para Williams, o brasileiro poderá passar muita experiência a Hulkenberg.

Eu botei um piloto experiente como o Rubens ao seu lado. Assim ele poderá aprender o máximo possível.

Williams também não gostou das declarações do piloto da RBR, Mark Webber. O australiano afirmou que o alemão de 22 anos estaria usando a equipe inglesa apenas como trampolim para se transferir para a Ferrari.

Achei muito pouco profissional que Webber tenha falado que ele (Hulkenberg) estará na Ferrari em 2013. De qualquer forma, espero que Nico continue conosco por um longo tempo.

Na sua corrida de estreia na Fórmula 1, semana passada, no GP do Bahrein, Hulkenberg terminou a prova na 14ª colocação, uma volta atrás do vencedor Fernando Alonso, da Ferrari.

[Fonte: globoesporte.globo.com] - Autor: Da Redação - Foto: Google