Arquivo

Posts Tagged ‘Emerson Fittipaldi’

Kristensen será o comissário da FIA em Melbourne

Dinamarquês ocupa posto que foi do tetracampeão Prost no GP do Bahrein

Depois de Alain Prost no Bahrein, a FIA convocou outro piloto para exercer a função de comissário no GP da Austrália, segunda etapa do Mundial de F-1, marcada para este domingo.

A entidade anunciou que o dinamarquês Tom Kristensen, octacampeão das 24 Horas de Le Mans, será o consultor do grupo de comissários da corrida em Melbourne.

Kristensen correu de DTM até o ano passado, e, em 2010, se concentrará em algumas etapas da Le Mans Series, além da tradicional prova de 24 horas sempre competindo pela montadora alemã Audi.

De acordo com a imprensa especializada, os próximos nomes que estão na lista de espera são Damon Hill, Nigel Mansell, Emerson Fittipaldi, Johnny Herbert e Alexander Wurz.

[Fonte: tazio.uol.com.br] - Autor: Da Redação  - Foto: Google
Anúncios

Prost repetirá experiência de ser comissário da F-1

Fittipaldi, Hill, Wurz, Frentzen e Herbert devem fazer o mesmo neste ano

O tetracampeão Alain Prost, que foi comissário de prova no GP do Bahrein, deve repetir a experiência em mais corridas.

O ex-piloto francês participa de uma iniciativa proposta por Jean Todt, presidente da FIA, de chamar ex-competidores ou pessoas que entendam do assunto para ajudar a melhorar a categoria.

Foi um experimento. Veremos como as coisas se saem, afirmou Prost. Farei isso por três ou quatro vezes nesta temporada, completou o francês, à revista alemã Auto Motor und Sport.

A publicação disse, ainda, que o bicampeão Emerson Fittipaldi também deve atuar como comissário neste ano, bem como o campeão de 1996, Damon Hill, Alex Wurz, Heinz-Harald Frentzen e Johnny Herbert.

[Fonte: tazio.uol.com.br] - Autor: Da Redação  - Foto: Google

Petrobras confirma negociações com a Lotus, mas diz que ainda não assinou contrato

Empresa pode voltar à F-1 como fornecedora de combustível e lubrificantes da equipe

Lotus de Kovalainen foi a única dos novos times que terminou o GP do Bahrein
A Petrobras confirmou nesta terça-feira (16) que negocia um acordo com a equipe Lotus para voltar à Fórmula 1 como fornecedora de combustível e lubrificantes, mas negou que o contrato já esteja assinado.

Segundo a coluna desta terça de Ancelmo Góis, do jornal O Globo, a estatal vai aparecer nos carros do italiano Jarno Trulli e do finlandês Heikki Kovalainen a partir do Grande Prêmio da Espanha, quinta etapa do Mundial, no dia 9 de maio – é a primeira corrida europeia do calendário.

A assessoria de imprensa da Petrobras negou o acerto e disse que a empresa negociou com sete equipes da categoria, entre elas a grande McLaren e a novata Hispania (quando esta ainda se chamava Campos), do brasileiro Bruno Senna. A proposta da Lotus, no entanto, foi a que mais agradou. A definição deve sair em torno de 15 dias, segundo a assessoria.

A meta da empresa é retornar à F-1, onde foi parceira da Williams por dez anos, entre 1998 e 2008. No fim daquela temporada, a Petrobras deixou o time inglês e iria assinar contrato de fornecimento com a Honda, mas a montadora japonesa, subitamente, abandonou a categoria. A estatal, por sua vez, resolveu esperar para acertar com outra escuderia.

Na F-1, a Petrobras entra em concorrência direta com outras petrolíferas, como Shell (parceira da Ferrari), Petronas (Mercedes), Mobil (McLaren) e Elf (Renault). As empresas utilizam a categoria para o desenvolvimento técnico de seus produtos e também como vitrine para a exposição da marca.

A Lotus, chefiada pelo empresário malaio Tony Fernandes, dono da companhia aérea AirAsia, é uma das três equipes novas da F-1 em 2010. Apesar do nome, ela não tem ligação efetiva com a antiga escuderia do brasileiro Emerson Fittipaldi, que competiu na categoria entre 1958 e 1994 e ganhou sete Mundiais de Construtores.

No primeiro GP do ano, no Bahrein, no domingo (14), a equipe largou na 20ª e 21ª posições, cerca de seis segundos mais lenta do que o pole position Sebastian Vettel (Red Bull). O carro de Kovalainen, no entanto, foi o único das novatas que terminou a prova, na 15ª posição, a duas voltas do vencedor Fernando Alonso (Ferrari).

[Fonte: esportes.r7.com] - Autor: Marcelo Freire/R7 - Foto: Google

“Foi uma cura fenomenal”, diz Olvey, sobre Massa – F-1 – Tazio

Felipe Massa agradeceu a Deus pelo seu bem-sucedido retorno às pistas na coletiva de imprensa depois do GP do Bahrein. Antes da prova, porém, pôde agradecer pessoalmente a ajuda que recebeu de Steve Olvey. Massa recebeu o médico norte-americano na área da Ferrari no circuito do Sakhir e os dois conversaram animadamente.

Olvey teve um papel fundamental na volta do brasileiro e falou sobre isso ao Tazio. Eu e o doutor Dino Altmann, médico particular do Felipe, tivemos de convencer a todo mundo que ele estava bem. Havia muito ceticismo, é difícil acreditar que alguém pode se recuperar tão rápido de um acidente como aquele. Mas ele provou ser possível nesse final de semana, revelou.

Trabalhando atualmente em conjunto com a FIA, o médico é uma autoridade mundial no tratamento de acidentes no automobilismo. Um trabalho iniciado em 1966, quando ainda era médico-residente em Indianápolis. Foi ele o responsável pelo atendimento e recuperação dos acidentes de Emerson Fittipaldi no oval de Michigan, em 1996, e o de Alessandro Zanardi em Lausitzring, em 2001.

Mesmo com tanta experiência, Olvey se surpreendeu com a velocidade da recuperação de Massa. Seus níveis de energia, e o fato dele ser muito estável emocionalmente e só pensar no futuro, ajudaram demais. Só se passaram sete meses do acidente, é uma cura fenomenal. Alguns pensaram que ele jamais conseguiria voltar tão rápido, que participasse dessa temporada. Mas eu senti desde o primeiro contato que ele poderia atingir essa meta.

O médico que fez o último processo cirúrgico na recuperação do piloto da Ferrari destaca o excelente trabalho feito pelos médicos na Hungria no atendimento inicial como um fator decisivo para a rápida volta às pistas de Felipe Massa. Os pilotos de corrida costumam se recuperar mais rapidamente de ferimentos na cabeça que o público em geral e isto acontece porque o atendimento é feito de forma muito rápida. Assim possíveis mudanças secundárias no quadro clínico não costumam acontecer, pois não há demora. O trabalho feito em Budapeste, na pista e no hospital, foi incrível, avaliou Olvey.

[Fonte: tazio.uol.com.br] - Autor: Da Redação - Foto: Google

Fittipaldi: “Tenho certeza que Schumacher vencerá”

Emerson Fittipaldi recebe instruções do engenheiro alemão Franz Konrad e Wilson Fittipaldi no GT3

Bicampeão minimiza idade do alemão: “Em minha última vitória, tinha 49 anos”

Emerson Fittipaldi, bicampeão mundial de F-1, afirmou que Michael Schumacher levará pouco tempo para voltar a brigar por vitórias e lutar por seu oitavo título.

Para o ex-piloto brasileiro, a idade do alemão 41 anos não será problema, mesmo diante de pilotos mais jovens. Emmo exemplificou a situação comparando com sua última vitória na Indy, quando tinha 49 anos e superou Jacques Villeneuve, que na época tinha apenas 21.

Se ele está motivado para vencer, sim, eu tenho certeza de que ele o fará, disse. Ele está fisicamente apto. Sei que existem muito mais pilotos jovens, mas enquanto a motivação para competir estiver lá, ele será competitivo.

Quando venci minha última prova nos Estados Unidos, eu tinha 49 anos, e o segundo colocado foi Jacques Villeneuve, que tinha 21. Eu ainda tinha o desejo de vencer e fui muito competitivo.

Michael voltou à Mercedes, antiga Brawn. Eles foram campeões do mundo no ano passado, então devem ser competitivos. Ele terá um ótimo equipamento neste ano.

Ele levará duas ou três corridas para se habituar à pilotagem mais uma vez, porque em testes, o ritmo é diferente. Com duas ou três corridas, ele estará ‘em casa’, encerrou.

[Fonte: tazio.uol.com.br] - Autor: Da Redação - Foto: Google

Felipe Massa à bord d’une Ferrari aujourd’hui à Interlagos

Les brésiliens pourront souhaiter bonne chance à Felipe

Ce dimanche, Felipe Massa participera à une manifestation sur le circuit d’Interlagos. Il pilotera devant son public une Ferrari (ancien modèle). Les brésiliens pourront ainsi lui souhaiter bonne chance pour la saison de F1 qui va débuter.

Dans le cadre de la manifestation brésilienne, Campeonato Paulista de Automobilismo, le pilote Ferrari sera aux côtés d’Emerson Fittipaldi et Luciano Burti pour effectuer quelques tours de la piste d’Interlagos. Burti roulera avec une Fiat 500 et Fittipaldi avec une Ferrari 599 Fiorano.

Il n’a pas été précisé le modèle de la Ferrari F1 que pilotera Massa. Sans doute une F2008. L’entrée est gratuite.

[Source: Go-F1] - Photo: Google

Andretti guiará Lotus no fim de semana do Bahrein

Lotus 79, guiada por Mario Andretti no GP da Holanda de 78

Norte-americano pilotará modelo 79, com o qual levou o título mundial de 1978

Lotus 79, guiada por Mario Andretti no GP da Holanda…
 
Mario Andretti, ex-piloto de F-1, guiará no fim de semana do GP do Bahrein o lendário Lotus 79 com o qual conquistou o título mundial de 1978.

O norte-americano, que completou 70 anos neste domingo, será um dos campeões que participarão da comemoração dos 60 anos da categoria no autódromo de Sahkir. Jackie Stewart, Emerson Fittipaldi e Nigel Mansell também estarão no evento.

Estou muito feliz por ter sido convidado e fazer parte da comemoração do 60º aniversário da F-1, disse Andretti, que visitará o Bahrein pela primeira vez. Isto é algo muito especial para mim“.

Acompanhei as seis corridas [realizadas no Bahrein]. Parece um local espetacular e eu mal posso esperar para o que será, certamente, um fim de semana de emoção na pista. Será divertido relembrar com bons amigos.

Outros carros campeões mundiais também estarão no circuito, como exemplares de Ferrari, Mercedes, Cooper, BRM, Matra, Tyrrell, Williams e McLaren.

[Fonte: tazio.uol.com.br] - Autor: Da Redação - Foto: Google