Início > Uncategorized > Kubica surpreendeu e liderou 1ª sessão na Austrália

Kubica surpreendeu e liderou 1ª sessão na Austrália

Polonês da Renault foi o único a virar na casa dos 26s; Rosberg é segundo

O polonês Robert Kubica, da Renault, liderou os tempos da primeira sessão de treinos livres para o GP da Austrália, realizado no circuito de Melbourne. Com 1min26s927, ele superou Nico Rosberg, da Mercedes, 0a199 mais lento, e foi o único a virar na casa dos 26.

Jenson Button fez a terceira melhor marca, seguido por Felipe Massa, que teve atuação discreta com sua F10. Lewis Hamilton, que encabeçou grande parte das atividades, fez o sétimo tempo no final, sendo superado por Sebastian Vettel e Fernando Alonso.

O heptacampeão Michael Schumacher mais uma vez foi superado por seu parceiro na Mercedes e ficou apenas com o 12º tempo. Rubens Barrichello, da Williams, não teve um treino muito expressivo e foi apenas o 16º. Dentre os novatos, Lucas di Grassi, da Virgin, e Bruno Senna, da Hispania, foram 21º e 22º, respectivamente.

Os brasileiros, aliás, foram os responsáveis por abrir o marcador de tempos em Melbourne. Bruno Senna foi o primeiro a ir à pista, seguido por Di Grassi. No duelo das equipes novatas, Bruno levou a melhor, com 1min37s969, 2s à frente de Lucas.

Na sequência, Karun Chandhok, Heikki Kovalainen e Lewis Hamilton marcaram tempos. O inglês da McLaren de cara baixou a marca para 1min28s680. Na Force India, o inglês Paul di Resta guiou o VR-01 no lugar de Adrian Sutil, como parte de um projeto da equipe de dar oportunidade ao piloto de testes nas atividades de sexta-feira.

Kamui Kobayashi, da Sauber, provocou a primeira bandeira vermelha das atividades ao atropelar um cone e sair da pista, o que deixou resquícios de asa no asfalto. No retorno, Jenson Button, parceiro de Hamilton na McLaren, assumiu a liderança na tabela de tempos, com 1min27s482, seguido por Nico Rosberg, da Mercedes.

Definitivamente em um dia não muito favorável, Kobayashi provocou a segunda bandeira vermelha. Entretanto, desta vez a culpa não foi sua, já que a asa dianteira de seu C29 se soltou, fazendo com que o piloto fosse parar na área de escape e abandonasse os treinos livres.

A 16 minutos para o final da sessão, Robert Kubica, da Renault, deu uma volta voadora e quebrou o domínio da McLaren, assumindo a ponta dos tempos com 1min27s249, que, na sequência, foi baixado para 1min26s927. Em atuação discreta, a Ferrari de Fernando Alonso e Felipe Massa figurou na lista dos dez primeiros em grande parte do treino, junto com a Red Bull.

Outra atuação apagada foi a da Williams, com o brasileiro Rubens Barrichello. Ele e seu companheiro de equipe, Nico Hulkenberg, figuraram em grande parte das atividades entre a 15ª e 16ª colocação, bem perto das equipes novatas, que ainda buscam o melhor acerto para o carro.

No final da primeira sessão em Melbourne, Kubica confirmou sua superioridade na pista e finalizou as atividades como o único a virar na casa dos 26s. Massa melhorou seu desempenho e anotou o quarto melhor tempo, atrás de Button e Rosberg, superando Hamilton, que ficou com a sétima colocação.

Treino livre 1:

1°. Robert Kubica (POL/Renault), 1min26s927 ( 22 voltas )
2°. Nico Rosberg (ALE/Mercedes), a 0s199 ( 18 )
3°. Jenson Button (ING/McLaren-Mercedes), a 0s555 ( 22 )
4°. Felipe Massa (BRA/Ferrari), a 0s584 ( 18 )
5°. Sebastian Vettel (ALE/Red Bull-Renault), a 0s759 ( 23 )
6°. Fernando Alonso (ESP/Ferrari), a 0s820 ( 21 )
7°. Lewis Hamilton (ING/McLaren-Mercedes), a 0s866 ( 22 )
8°. Sebastian Buemi (SUI/Toro Rosso-Ferrari), a 1s087 ( 21 )
9°. Vitaly Petrov (RUS/Renault), a 1s187 ( 25 )
10°. Vitantonio Liuzzi (ITA/Force India-Mercedes), a 1s265 ( 18 )
11°. Paul Di Resta (ING/Force India-Mercedes), a 1s610 ( 25 )
12°. Michael Schumacher (ALE/Mercedes), a 1s623 ( 19 )
13°. Jaime Alguersuari (ESP/Toro Rosso-Ferrari), a 1s645 ( 21 )
14°. Mark Webber (AUS/Red Bull-Renault), a 1s756 ( 22 )
15°. Pedro de la Rosa (ESP/Sauber-Ferrari), a 2s538 ( 13 )
16°. Rubens Barrichello (BRA/Williams-Cosworth), a 2s785 ( 18 )
17°. Nico Hulkenberg (ALE/Williams-Cosworth), a 3s322 ( 26 )
18°. Kamui Kobayashi (JAP/Sauber-Ferrari), a 4s661 ( 5 )
19°. Jarno Trulli (ITA/Lotus-Cosworth), a 4s725 ( 13 )
20°. Heikki Kovalainen (FIN/Lotus-Cosworth), a 4s727 ( 26 )
21°. Lucas Di Grassi (BRA/Virgin-Cosworth), a 5s904 ( 25 )
22°. Bruno Senna (BRA/Hispania-Cosworth), a 6s474 ( 24 )
23°. Karun Chandhok (IND/Hispania-Cosworth), a 7s324 ( 19 )
24°. Timo Glock (ALE/Virgin-Cosworth), a 7s998 ( 8 )

[Fonte: tazio.uol.com.br] - Autor: Da Redação  - Foto: Google
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: