Início > Uncategorized > Massa: “É estranho ver Schumacher na Mercedes”

Massa: “É estranho ver Schumacher na Mercedes”

Brasileiro dá voltas de exibição em Interlagos, fala sobre carreira e planos

O piloto brasileiro Felipe Massa, da Ferrari, participou de um evento organizado pelo Santander, um dos patrocinadores da escuderia italiana, no qual deu algumas voltas de exibição no autódromo de Interlagos, a bordo de uma Ferrari 2008, a mesma utilizada por Valentino Rossi quando ele testou em Maranello.

Na ocasião, ele conversou com jornalistas a respeito de planos para a temporada, expectativas, novas equipes, e sobre o amigo e agora rival nas pistas, Michael Schumacher, piloto da Mercedes.

Para Massa, é muito estranho ver o alemão pilotando por outro time que não seja a Ferrari, já que pelo time italiano ele conquistou cinco de seis sete títulos mundiais.

Já disse a ele e falo de novo. É estranho demais ver ele correndo por outra equipe que não a Ferrari. É bem estranho, –  afirmou o ferrarista, amigo pessoal de Schumi.

Outros assuntos abordados, antes de ir à pista com o bicampeão Emerson Fittipaldi e o piloto de Stock Car Luciano Burti, foram a relação com Fernando Alonso, o impacto na mudança do regulamento, entre outros.

Semelhança com Alonso

As ideias dele foram sempre parecidas com as minhas. O jeito de guiar também, de acertar o carro. Cada piloto tem o seu acerto, mas muitas vezes em que ele andou no carro que acabei de andar, ele gostou. Até no jeito de ser somos parecidos, somos latinos que vivem da mesma maneira.

Proibição do abastecimento

É lógico que é uma mudança grande, a gente larga com tanque cheio, que vai ser uns 180 litros no tanque. A gente tem uma média, como por exemplo, em Barcelona, a cada 10 kg de combustível era mais ou menos 3,5 décimos de segundo. Imagina só com 160kg, quanto é isso falando de performance. É muita coisa.

A gente vai classificar com o carro o mais rápido possível e largar com ele mais lento. Mas muda o jeito de guiar, a reação do carro, e carro vai melhorando conforme combustível vai baixando. A corrida vai ser mais difícil, mas técnica, até a primeira parada no box pra trocar o pneu.

Polêmica sobre as equipes novas

Eu não falei mal de ninguém, só falei que se você olhar uma equipe como as duas novas que estavam treinando, a diferença é muito grande. É ruim para eles também, estão correndo em uma categoria diferente praticamente.

Não é interessante termos equipes novas que virem 3s mais lentas. Não é bom para ninguém, mas sou a favor da entrada das novas, sem dúvida, quanto mais carro correndo é melhor.

F-Future Fiat

Se eu tiver a chance de ajudar o automobilismo brasileiro, pilotos no Brasil para ter a chance de disputar um campeonato na Europa, chegar na F-1, vou fazer com o maior carinho.

Até então a gente não tinha categoria escola, F-3 sul-americana não é escola como a Future Fiat. Então, estamos fazendo uma categoria pra ajudar o automobilismo brasileiro e também os pilotos.

Relação com Alonso

Estamos nos dando muito bem. Eu dou risada quando inventam as polêmicas em ter nós na imprensa. Se tiver algum problema, falo na frente dele, não via jornalista.

[Fonte: tazio.uol.com.br] - Autor: Natali Chiconi/De Interlagos - Foto: Google
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: