Início > Uncategorized > Mark Webber diz que o “clima não atrapalha”

Mark Webber diz que o “clima não atrapalha”

Australiano da Red Bull, Mark Webber, superou Fernando Alonso e terminou a sexta-feira na ponta da tabela nos testes em Jerez de la Frontera.

Pela primeira vez na semana, a chuva não caiu em nenhum momento no circuito espanhol. O asfalto começou úmido pela manhã devido a grande quantidade de chuva que caíra na noite de ontem. Porém, o sol aparecia cada vez mais forte na região, de modo que a pista estava completamente seca ainda na parte da manhã.

O período matutino, no entanto, ficou marcado pelas bandeiras vermelhas que atrapalharam as atividades na pista. A primeira delas foi causada ainda na primeira hora de treino, quando Heikki Kovalainen parou sua Lotus no final do segundo trecho com problemas no sensor da embreagem.

Uma hora depois do problema do finlandês, Lucas di Grassi, que guiou o Virgin pela primeira vez na semana, rodou e paralisou a sessão por volta das 10h30 locais. Removido o VR-01 do brasileiro, logo em seguida Kamui Kobayashi parou seu Sauber próximo à última curva do circuito e causou a terceira interrupção da manhã.

Dada novamente bandeira verde, os pilotos retornaram à pista com pneus slick, sendo que Jenson Button, Fernando Alonso e Michael Schumacher lutavam pelo melhor tempo até então. Sob os olhares de seu pai John, o campeão de 2009 levou a melhor, fazendo 1min21s435 e fechando o período da manhã na frente.

Pouco depois do meio-dia local, Mark Webber paralisou novamente o treino ao sofrer problemas com seu Red Bull. Após a remoção de seu carro, Fernando Alonso foi à pista e fez 1min20s116, assumindo a ponta, mas, em seguida, Webber retornou às ações e voou baixo, fazendo seguidamente a volta mais rápida do treino. Seu melhor tempo foi 1min19s299, o melhor não somente entre todos os tempos desta semana, mas também entre os tempos obtidos no circuito da semana passada.

Fernando Alonso completou 132 voltas a bordo da F10 e terminou o dia com o segundo melhor tempo, logo a frente de Jenson Button, com a McLaren. Nico Hulkenberg completou mais um dia de grande quilometragem com o Williams, registrando 138 voltas, e fechou o dia com o quarto tempo. O alemão causou bandeira vermelha nos minutos finais de treino ao parar sua FW32 com problemas.

Lucas di Grassi causou outra bandeira vermelha no período da tarde quando parou seu Virgin na reta oposta, mas retornou às ações e terminou na décima posição, somente a frente de Kovalainen.

Os testes em Jerez de la Frontera seguem até amanhã. Vitantonio Liuzzi deve assumir as ações na Force India, enquanto Jarno Trulli estréia ao volante do Lotus T127.

Testes – Dia 3 – Final

1º. Mark Webber (AUS/Red Bull), 1min19s299 (115 voltas)
2º. Fernando Alonso (ESP/Ferrari), 1min20s115 (132)

3º. Jenson Button (ING/McLaren), 1min20s394 (101)
4º. Nico Hulkenberg (ALE/Williams), 1min21s432 (138)
5º. Michael Schumacher (ALE/Mercedes), 1min21s437 (79)
6º. Robert Kubica (POL/Renault), 1min21s916 (100)
7º. Adrian Sutil (ALE/Force India), 1min21s939 (69)
8º. Kamui Kobayashi (JAP/Sauber), 1min22s228 (28)
9º. Jaime Alguersuari (ESP/Toro Rosso), 1min22s564 (120)
10º. Lucas Di Grassi (BRA/Virgin), 1min23s504 (34)
11º. Heikki Kovalainen (FIN/Lotus), 1min23s521 (68)

[Fonte: tazio.uol.com.br] - Autor: Da Redação - Foto: Daylife
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: