Início > Uncategorized > “Pequenas peças atrapalham o carro”, diz Di Grassi

“Pequenas peças atrapalham o carro”, diz Di Grassi

Em entrevista ao Tazio, brasileiro justifica pouca quilometragem feita pela Virgin

Lucas di Grassi estava escalado para guiar o carro da Virgin nesta quarta-feira, mas, por opção da novata equipe, Timo Glock deu 10 voltas a bordo do VR-01 e terminou com o último tempo do dia.

Eles resolveram mudar ontem e eu simplesmente concordei. Acho que quanto mais tarde a gente andar no teste, melhor, explicou o estreante brasileiro ao Tazio.

O piloto ainda não sabe se estará ao volante amanhã. A equipe acha que é importante o Glock fazer uns dias no seco, mas eles vão decidir se eu ando amanhã ou se ando na sexta e no sábado.

A novata equipe, que busca ganhar quilometragem em cima do novo bólido, pouco pôde andar nesta pré-temporada. Segundo di Grassi, isso acontece devido a pequenos problemas no carro do time inglês.

A gente ainda está tendo alguns problemas mecânicos no carro que não estão deixando a gente fazer a quilometragem esperada. A gente já esperava ter passado por isso depois de eu ter dado as 65 voltas no sábado, mas hoje aconteceu um probleminha de novo. A gente precisa resolver isso logo.

Não é nem um problema que requer uma mudança drástica; são pequenas peças importantes que acabam atrapalhando o funcionamento do carro, então a gente precisa resolver isso pra fazer quilometragem.

Embora a equipe tenha feito pouca quilometragem na pista, di Grassi acredita que os problemas sofridos pelo time não são graves.

Às vezes é algum problema hidráulico, ou o sensor de dentro do motor que não está funcionando, tem que abrir o motor pra trocar. São pequenas coisas que demoram muito tempo pra trocar mas que precisam estar funcionando em dia. Então, hoje aconteceram várias coisinhas que acabaram limitando nossa quilometragem.

A Virgin foi a primeira das equipes estreantes a mostrar seu modelo para a temporada 2010. O VR-01 foi concebido sem o uso de um túnel de vento, através da tecnologia chamada de CFD (sigla em inglês para Fluidodinâmica Computacional).

[Fonte: tazio.uol.com.br] - Autor: Da Redação - Foto: Daylife
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: