Início > Uncategorized > Projetista da Red Bull tem dúvidas de CFD da Virgin

Projetista da Red Bull tem dúvidas de CFD da Virgin

Virgin VR-01, o carro de Lucas Di Grassi – 2010

“Na minha opinião, ainda é preciso combinar CFD e túnel de vento no momento”

Responsável por desenvolver as linhas arrojadas que deram ao carro da Red Bull condições de conquistar o vice-campeonato da última temporada, Adrian Newey duvidou que uma equipe possa desenvolver um monoposto utilizando somente Fluidodinâmica Computacional (CFD).

A afirmação do dirigente se deve ao fato de que a Virgin, um dos times estreantes, não desenvolveu seus carros utilizando túnel de vento, o que é algo totalmente novo na categoria.

Penso que o CFD é uma ferramenta muito poderosa, não há dúvidas sobre isso, mas ainda possui falhas. É por isso que quando fazemos algo para verificar o comportamento do carro, peso, ou qualquer outra coisa, é feita de forma discreta. O túnel de vento é uma simulação do mundo real, disse.

É uma limitação de tamanho, na verdade, então nosso CFD precisa ser maior para fazermos mais testes. Além disso, há algumas áreas que o CFD não captura tão bem como o túnel de vento, como propriedades aerodinâmicas.

Veremos como ele vai se sair. É um caminho diferente e, na minha opinião, ainda é preciso combinar os dois [CFD e túnel de vento] no momento. Talvez o carro deles vá bem e terei de revisar minha opinião, finalizou.

[Fonte: tazio.uol.com.br] - Fotos: Virgin Racing
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: