Início > Uncategorized > Domenicali admite: “Há muito trabalho a ser feito”

Domenicali admite: “Há muito trabalho a ser feito”

Italiano adota cautela ao avaliar boa performance do F10 nos testes de Valência

Stefano Domenicali, chefe da Ferrari, adotou cautela ao avaliar o desempenho da equipe italiana nos primeiros testes de pré-temporada, em Valência, na Espanha.

O italiano, que viu a escuderia de Maranello dominar todos os dias de atividades e encerrar os treinos com os dois melhores tempos na classificação geral, afirmou que ainda há muito trabalho a ser feito.

Sabemos muito bem que os tempos dos testes, especialmente neste ano, devem ser olhados com cuidado, disse o dirigente.

Não podemos esquecer onde estávamos em termos de desempenho no último GP do ano passado. Há ainda muito trabalho a fazer para preencher esta lacuna e ainda existem muitos problemas que temos que resolver.

Nós não sabemos as cargas de gasolina que os outros carros carregavam, por isso é impossível ter uma idéia clara das equipes fortes na pista. Talvez alguém ainda queira brincar de esconde-esconde e alguns ainda precisam apresentar seus carros.

Se há uma coisa com a qual realmente estamos satisfeitos, no momento é com a confiabilidade que o F10 apresentou. Os mais de 1.400 km percorridos mostram um começo muito bom. Precisamos garantir que o trabalho intenso nas simulações durante as semanas antes da estreia na pista dará frutos.

Em Valência, também começamos a conhecer o comportamento dos pneus Bridgestone, que também estão relacionados à carga de gasolina. Mas os dados ainda são absolutamente relativos. Esta pista não é particularmente exigente com os pneus e as temperaturas não estavam próximas às que encontraremos nas três primeiras corridas da temporada, explicou.

Nossos dois pilotos estavam muito felizes com a forma como as coisas aconteceu, especialmente com relação à confiabilidade do carro. Ambos estão extremamente motivados e sabem que têm que trabalhar muito. Inclusive, já deram muitas indicações de onde precisamos melhorar o carro.

Não há milagres na F-1: se você quer ser rápido, precisa trabalhar duro durante meses e meses e depois conhecer seus concorrentes, que são muito capacitados e estão tão motivados quanto você. Não podemos tomar nada como assegurado e não devemos nos iludir por indicações que podem ser totalmente enganosas, completou.

[Fonte: tazio.uol.com.br]
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: