Início > Uncategorized > Campeão de 2008 se diz um dos responsáveis pela chegada do britânico

Campeão de 2008 se diz um dos responsáveis pela chegada do britânico

Lewis Hamilton na apresentação oficial do McLaren MP4/25 – 29Jan2010

Lewis Hamilton, piloto da McLaren, afirmou aos repórteres presentes em Woking, após a apresentação do chamativo MP4/25, que sugeriu a contratação de Jenson Button a Martin Whitmarsh, chefe da escuderia.

Algo que você não sabe é que eu realmente chamei Whitmarsh e disse: “E Jenson?”. Isso foi antes de eles iniciarem as negociações“, disse o campeão mundial de 2008.

Whitmarsh, por sua vez, confirmou as palavras de Lewis e destacou a boa relação que os dois últimos campeões mundiais vêm tendo dentro da escuderia, desde a chegada do ex-piloto da Brawn.

Enquanto avaliávamos o mercado de pilotos, algo que fizemos durante algumas semanas, Lewis foi consistentemente positivo sobre Jenson. Eles têm um grande respeito um pelo outro e já estão se dando bem, o que parece bem claro, hoje.

Button também reconheceu que conversou com Hamilton a respeito da McLaren, mas assegurou que todos os encontros com seu compatriota para falar a respeito do assunto não indicavam uma possível transferência atual campeão do mundo para a tradicional equipe britânica.

Falamos um pouco sobre isso em Abu Dhabi e no Brasil, mas não sobre eu estar aqui, comentou o inglês. Eu estava interessado, mas sendo muito intrometido. Não achei que existia essa opção, nunca pensei nisso.

Mas, obviamente, sua mentalidade muda quando você consegue algo pelo qual você lutou a vida inteira. Você procura novos desafios.

Por fim, Hamilton mostrou-se satisfeito com a chegada de Button e garantiu que a McLaren só tem a ganhar com dois pilotos competitivos, rechaçando a possibilidade de ocorrer dentro do time um relacionamento interno tão complicado quanto o dele próprio com Fernando Alonso, em 2007, ou entre Ayrton Senna e Alain Prost, entre 1988 e 1989.

Ele é o atual campeão mundial. Pessoalmente, nunca pensei que teria vida fácil com ele. Quero o melhor companheiro de equipe possível, para que ele possa marcar pontos ao meu lado.

Quando ele estiver vencendo, eu tenho que terminar em segundo lugar, e vice-versa. Não posso ganhar o Campeonato de Construtores sozinho, então preciso ter o companheiro de equipe mais forte possível. Não havia muitos pilotos que a equipe pudesse escolher, completou.

[Fonte: tazio.uol.com.br]
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: